A AUTONOMIA DA PERÍCIA É NOTÍCIA E LOTA AUDITÓRIO NA CÂMARA

O Auditório Nereu Ramos teve lotação total dia 12 de maio, no seminário “A perícia ocial na garantia dos Direitos Humanos”, com palestras de dois especialistas internacionais.

O seminário, idealizado pela deputada Soraya Santos (PMDB-RJ),foi aberto pelo deputado Eduardo Cunha, presidente da Câmara.

Contou com a presença de 30 deputados federais, representando todos os partidos expressivos com assento na Casa, inclusive o deputado Alessandro Molon (PT-RJ),relator da PEC 325/09.

Na ocasião, Eduardo Cunha(PMDB-RJ), presidente da Câmara afirmou: “É muito importanteque vocês façam esse trabalho de conscientização das ideias de vocêspara todos os partidos,todas as lideranças, para que no momento que o tema esteja maduro para votação, possa se ter a consciência daquilo que será deliberado”.

“Não é uma causa dos peritos para os peritos, mas sim uma causa da sociedade.” Alessandro Molon, Deputado Federal.

“Essa não é uma causa dos peritos para os peritos, mas sim uma causada sociedade, para garantir os direitos humanos de todos os brasileiros”, declarou o deputado federal Alessandro Molon, que defende a desvinculação da perícia.

Segundo a deputada SorayaSantos, a taxa de assassinatoselucidados no Brasil é baixaquando comparada a países do

primeiro mundo. “Nos Estados Unidos, a média é de 65% e, na Europa, 90%. Aumentar a taxa de elucidação de crimes é o caminho para combater a criminalidade e a impunidade”, arma.